Comprou um carro ou moto durante a pandemia? Saiba quais os seus direitos!

Durante a pandemia, a aquisição de bens ficou mais acessível para algumas pessoas já que veículos e imóveis tiveram uma grande desvalorização.

Se você faz parte desse percentual que acabou comprando um carro ou uma moto durante esse período, este artigo foi feito para você!

Devido a pandemia, diversos órgãos responsáveis pela cobrança de taxas, dividas e impostos precisaram pensar em soluções práticas para evitar uma crise ainda maior para a economia e para o bolso dos brasileiros.

Inicialmente, esta proposta de solução para uma crise ainda mais drástica, era referente a gastos com catão de crédito e contas mensais, tais como água e luz. Mas, logo viu-se a necessidade de expandir a proposta para pagamento obrigatórios, ou seja, impostos.

No Brasil, ser proprietário de um veículo é igualmente estar sujeito a participar de contribuições anuais que pesam no bolso do brasileiro, como por exemplo, o Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), que é o imposto mais caro para quem possui veículo.

Além de ser um dos impostos mais caros, o IPVA sofre alterações de acordo com o estado de cobrança. O IPVA 2021 RJpor exemplo, representa 4% do valor original do veículo.

Pensando em evitar colapsos econômicos para ambas as partes, o Detran e o Governo Federal promoveram mudanças que vão beneficiar quem comprou um veículo durante a pandemia ou quem já precisava cumprir com impostos como o IPVA 2021 SP.

Essas medidas visam diminuir a obrigatoriedade do cumprimento com o s valores, assim como suspender cobranças e prorrogar prazos de pagamento. Para que fique evidente exatamente o que mudou e de que forma é possível se beneficiar dessas alterações, separamos os principais pontos:

  • Atualização da carteira de motorista

Devido a pandemia, logo, ao isolamento social a solicitação de documentos ficou mais difícil e por isso, a atualização da carteira de motorista está suspensa até segunda ordem.

  • Isenção IPVA

A isenção do IPVA não é uma regra para todo estado, mas é uma boa notícia para quem possui um veículo registrado no estado de São Paulo, região com o IPVA mais alto do país. Este ano, os proprietários de veículos não precisarão pagar o imposto.

  • Suspensão de cobrança do IPVA

Outros estados optaram pela suspensão da cobrança do IPVA para carros que possuem mais de 15 anos de uso. Alguns dos estados que aderiram a medida foram: Amapá, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, entre outros.